Cart

Bia Kicis e Queiroga: o encontro do nada com coisa nenhuma

(por Bemvindo Sequeira)

Esta semana aconteceu um fato interessante: o encontro da deputada Bia Kicis com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Não podemos deixar isso passar batido, pois o vídeo começa a ser apresentado como se o ministro tivesse encontrado por acaso a deputada Bia Kicis.

Vale lembrar que, foneticamente, traduzido do inglês para o português, Bia Kicis significa “os beijos da Beatriz”. Então, a deputada Beijos da Beatriz estava passeando de máscara, pasmem, por um lugar que ninguém determina qual é, quando encontra o ministro da Saúde passeando também de máscara. Os dois se encontram e Beatriz fala algo como “Oh! Você por aqui!”, ao que Queiroga responde “Oh! logo você por aqui também!”.

Ambos têm um recado, uma boa notícia para o povo brasileiro. E se passa um diálogo mais ou menos assim:

– O ministro tem uma boa notícia para dar para vocês!

– Eu tenho uma boa notícia para vocês!

– É mesmo, ministro? Que bom! Dê a boa notícia para o Brasil!

Algo muito falsamente casual. Depois disso o ministro comente a babaquice de dizer que a boa notícia não é dele, mas sim da Beatriz. Ele afirma que encontrou a deputada e ela deu uma sugestão excelente para ele que é, pasmem, a testagem em massa do povo brasileiro. A deputada sugeriu o aumento da testagem da população sobre o covid-19.

Particularmente, acho isso uma boa ideia e penso que temos que botar isso em prática logo. Essa é uma ideia fenomenal que ninguém tinha pensado. Testagem em massa da população brasileira! País nenhum pensou nisso antes, ninguém pensou nisso! Apenas o cérebro privilegiado da deputada Bia Kicis conseguiu pensar nisso! E o cérebro mais privilegiado ainda do nosso criativo ministro da Saúde replicou o pensamento da deputada em ampliar a testagem de covid-19 da população com os testes rápidos. Contém ironia.

Os dois juntos formam, então, uma dupla dinâmica: o encontro do nada com coisa nenhuma.

O pior de tudo é que o ministro diz que testando o povo, eles vão poder selecionar os brasileiros estão infectados e os que não estão infectados para ser mais rápida a recuperação da nossa economia. Se eu entendi direito, ele se preocupa em ser mais rápida a recuperação da nossa economia, mas não se preocupa se vai ser mais rápida a recuperação da saúde do povo.

Na Europa, houve essa semana uma reunião de cúpula de todos os países europeus e o presidente do conselho europeu disse que pouco importa o PIB, o que interessa é o bem-estar social da população e a saúde do povo. Ao contrário disso, o ministro da Saúde brasileiro, alinhado ao nazista Bolsonaro, diz que, na verdade, a testagem massa servirá para recuperar a economia.

Para Queiroga, o povo pouco importa, os brasileiros que se lasquem. O ministro da Saúde quer recuperar a economia. Dá, inclusive, para alocar Queiroga como Ministro da Economia. Paulo Guedes sai da Economia e vai para a Saúde, enquanto Queiroga sai da Saúde e vai para a Economia. Diante dos discursos, essa é uma renovação de ministérios interessante e perfeitamente possível.

Em paralelo, eu tinha um cachorro Rex que ficava parado em frente da televisão catatônico, pois não entendia nada, não entendia a linguagem, como não entendia o que estava acontecendo. Da mesma forma, o genocida assiste a essa sugestão e a essa pataquada toda da deputada e do ministro sem ao menos entender o que é que eles estão falando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...
WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
👋 Oi em que posso ajudar?