Cart

Coluna – Terra Incógnita│Como vai sua carreira, militar?

por Daniel Osiecki

Como vai sua carreira, militar?

 

Como disse mais um familiar que defendeu o atual presidente, “ele está tentando fazer a coisa certa pelo país, está tentando fazer o país andar pra frente, diferente dos vermelhos do PT”. Provavelmente este nobre familiar deve estar pensando que as matérias publicadas pelo jornalista Glenn Greenwald, do Intercept Brasil, são fake news e que visam derrubar o presidente. E essa notícia fresquinha do avião recheado com 39 kg de cocaína? Será que foi o PT, sob o comando nefasto de Lula, que plantou tudo no avião para causar esse imbróglio internacional?

É bem provável que Bolsonaro realmente seja inocente, assim como é visível e notório que ele realmente é tão burro e obtuso quanto pensamos. Os sinais de sua truculência e burrice estão expostos em todos os cantos, todos os dias, para todo mundo ver. O ponto é: até para se organizar com essa quantidade de cocaína (39 kg) é preciso um mínimo de agilidade cognitiva e de certa articulação, elementos que faltam em demasia ao presidente.

O avião no qual estava o militar da aeronáutica fazia parte da comitiva presidencial, e fez escala em Sevilha, na Espanha. Sabe-se que se trata de Manoel Silva Rodrigues, 2º sargento da aeronáutica que atuava como comissário de voo em aviões da FAB.

Algumas fontes afirmaram que o sargento não fazia parte da comitiva presidencial, mas depois o Presidente em exercício, General Mourão, afirmou que o militar estaria no voo de volta ao Brasil junto à comitiva de Bolsonaro. O vice também afirmou que o sargento receberá, se forem provadas as acusações, punições severas, pois os militares também têm problemas. Oi? Escreveu o presidente no twitter:

 

 

 

 

 

 

 

 

Volto a frisar: pode ser que Bolsonaro realmente não saiba de nada, não sejamos inocentes ao ponto de não apurar fatos. Quem faz isso é o outro lado. Mas no momento outra questão me ocorre: curiosamente eclode um escândalo desse nível logo após o Intercept divulgar as matérias sobre Moro e Dallagnol. Claro que parece teoria da conspiração, mas já vimos outros casos de cortina de fumaça por aqui.

Aguardemos cenas dos próximos capítulos. Acompanhem o Intercept Brasil.

 

*Daniel Osiecki nasceu em Curitiba, em 1983. É professor de literatura, crítico literário e editor regional da Revista Flaubert. Publicou o livro de contos “Abismo” (2009). “Sob o signo da noite” (contos) é seu segundo livro. Mantém o blog “Távola Redonda” (www.novatavolaredonda.blogspot.com), organizador do coletivo “Vespeiro”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...
Mande um recado pra nós.