Cart

Best Seller

Encantoria – uma etnografia sobre pessoas e encantados em Codó (Maranhão) – Martina Ahlert

0 out of 5 based on 0 customer ratings
0 classificações Adicione sua classificação
Disponibilidade: Em estoque

R$ 59,90 R$ 29,95

Disponível por encomenda

Quantidade :

PRÉ-VENDA – disponível até 30 de março

 

A antropóloga Martina Ahlert, professora da Universidade Federal do Maranhão, escreveu uma obra atenta à natureza ritual da encantaria e seus efeitos na vida cotidiana das pessoas e dos encantados da cidade de Codó […] 

Como toda obra incontornável para o estudo das religiões afro-brasileiras, este livro é também literatura de testemunho e, por esta razão, de interesse para o grande público. Martina conviveu e conversou com pessoas e encantados. Suas palavras, seu conhecimento, sua sabedoria, aparecem ao longo do texto lado a lado, a exemplo dos retratos, dispostos nas casas de Codó, com fotografias de entes queridos, pessoas e encantados. Sua presença irrefutável nos brinda com testemunhos transformadores […]  

Em tempos de tantos desafios à vida na Terra, o livro de Martina Ahlert chega como um sopro de esperança. Há de ser desejo de qualquer brincante que logo possamos ir de festejo em festejo, homenageando aqueles encantados que nos guiam, dando salves às suas longevas existências e à nossa capacidade de reconhecer com respeito o bem que nos trazem e os riscos que corremos quando desacompanhados neste vasto mundo.  

Antonádia Borges

Verão 2021

ISBN: 978-65-89624-00-4

248 pág.

 

Acesse nosso canal no Youtube: Kotter Tv

 

 

 

Disponível por encomenda

Quantidade :
SKU: 9786589624004 Categorias: , , ,

Encantoria – uma etnografia sobre pessoas e encantados em Codó (Maranhão)

O livro é baseado na pesquisa antropológica desenvolvida por Martina Ahlert ao longo dos últimos anos em Codó, cidade localizada na região leste do Maranhão. A pesquisadora acompanhou o cotidiano de mulheres e homens que, desde sua infância, convivem com os encantados nos âmbitos doméstico e ritual. 

Nesse contexto, as pessoas são chamadas de brincantes, em referência à brincadeira séria que define a religião e que marca todas as dimensões da vida – em que as experiências com família, trabalho e com as casas estão todas entrelaçadas. Casas que, não raro, são também espaço de tratamento, cura e festa às entidades. Casas que são habitadas por uma grande diversidade de seres que produzem companhia, evitando a solidão que assola a existência. 

As relações com os encantados são percebidas como ancestrais e remetem ao período da escravidão no Brasil. Elas falam de histórias de resistência e da capacidade de dar sentido às experiências daqueles que escapam às narrativas hegemônicas e aprisionadoras que diminuem a potência da vida. 

O livro é, nesse sentido, testemunho e registro das maneiras de viver de pessoas que bailam com diplomacia e cuidado pelo mundo, a despeito de todas as forças contrárias. 

 

Martina Ahlert

Foto por Adson Carvalho
Foto por Adson Carvalho

Martina Ahlert é antropóloga, professora e pesquisadora da Universidade Federal do Maranhão. Atua na graduação e pós-graduação em Ciências Sociais. Coordena o Laboratório de Estudos em Antropologia Política.  

Desde 2010 faz pesquisa com os brincantes do terecô em Codó, na região leste do Maranhão. A partir da convivência com pessoas e encantados escreveu artigos científicos e o livro Encantoria 

 

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Encantoria – uma etnografia sobre pessoas e encantados em Codó (Maranhão) – Martina Ahlert”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...