Cart

Caminhando em Círculos – Leila de Luca

0 out of 5 based on 0 customer ratings
0 classificações Adicione sua classificação
Disponibilidade: Em estoque

R$ 74,70 R$ 52,29

wws Suporte / Perguntas de pré-venda Preciso de ajuda? Fale conosco via WhatsApp
Quantidade :

“Que bom ouvir histórias de vida de outras pessoas e ter a dimensão humana. Saber que não sou eu tão louca assim, mas um tanto louca quanto todos…ou quase todos!” – É com esta reflexão que, Leila, nos prepara para o que está por vir. Em sua caminhada de espirais, tece, como uma costureira tenaz, sua colcha encantada da vida. Abre caminhos tortuosos, por vezes dolorosos, mas o medo não a paralisa. Afasta-se da própria família. Mergulha na própria maré. Luta contra a loucura. Permite-se ser uma alma livre. De maneira criativa e com livre pensar, busca sua alma gêmea. E, assim, vai transformando as vivências em associações, enchendo de sentido a sua própria vida. Mas… “Até que ponto temos controle sobre o que nos acontece? Somos criadores ou criaturas?” – pergunta ela… Em seu trânsito – transe –, o que esta peregrina deseja é encontrar seu grande amor…Onde estará? Certamente na travessia em si que se faz: na aceitação do que se é. No perdão. Na (re)conexão com a Mãe Terra de onde se vem. No final desta jornada, Leila há de abrir uma porta, como resposta última, ou como resposta primeira. Atrás da porta, haverá um grande espelho, com sua imagem refletida. E ao olhar para si, talvez não haja tanta cura, mas – certo! – a mulher que procura, agora madura.

Lucas Maroca de Castro

 


Vivemos por muito tempo no desencantamento do mundo. Fez-se necessário, penso! Mas, hoje, como a roda gira intermitentemente, faz-se necessário também o resgate da vivência do milagre que é a vida. Sob o risco, se não o fizermos, de perder a possibilidade da liberdade, da autenticidade do viver, condição essa essencial do ser. Este livro tem como propósito o resgate da confiança na experiência autêntica. Embasada, sim, no conhecimento, mas tendo como guia principal o observador que vive, se percebe e acompanha seu movimento nessa jornada, e, no seu próprio ritmo e compasso, busca compreender quem ele é, e saber mais conscientemente o que faz aqui. Aquela antiga e ao mesmo tempo vívida pergunta filosófica à qual não dá mais para fugir: “ Quem sou eu? De onde vim? Para onde vou?… A diferença aqui, é que o caminho não é a razão. O princípio é o da não localidade. O caminho é estar onde estou no momento: em lugar algum e em todos os lugares… Este é um relato em primeira pessoa, num formato de diário, de uma experiência nada mística, mas, sagrada… e porque não poética e romântica?… É um testemunho, que pode soar um tanto ficcional… o que importa, se a vivência autêntica é a que percebemos dentro? Deixo essa contenda ao leitor e o convido à aventura desafiadora de SER. Como bússola, o Tarô e os oráculos. Ferramentas ancestrais da psique humana, que mapeiam nossa estrutura como criaturas e criadores. Os Oráculos, sim! Pura poesia… poesia viva! Lembra-se do caminho citado acima? Eles são a ponte! Pergunte, e verás!…

LEILA DE LUCA

 

Verão de 2022

ISBN 978-65-5361-020-0

228 páginas

wws Suporte / Perguntas de pré-venda Preciso de ajuda? Fale conosco via WhatsApp
Quantidade :
SKU: 9786553610200 Categorias: , ,

Sobre a autora

Mineira, de Belo horizonte, graduada em Filosofia pela PUC-MG, artista visual autodidata. Praticante do Yoga há mais de 15 anos, taróloga e pesquisadora dos símbolos e do Tarô como um livro de conhecimento da história ancestral arquetípica utilizado para o autoconhecimento e integração do ser, há 8 anos. No campo da escrita, foi finalista na página do Facebook Desafio dos Escritores em 2013, no concurso Crônicas de minas e tem um artigo publicado em coautoria com outras mulheres no projeto/livro Xá Com Elas em 2021, além de vários poemas e crônicas ainda não publicados. Produziu também poemas e textos gravados para o Blog da Quixote+Do. Cada vez mais vem entrelaçando seu trabalho plástico ao que escreve e vice-versa, praticando o que propõem: O ser. Afinal, disse Clarice, ” Como é que se explica que meu maior medo seja exatamente em relação a ser? E no entanto, não há outro caminho”. A arte, para Leila, é o ser sendo na sua forma mais autêntica. 

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Caminhando em Círculos – Leila de Luca”

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vendor Information

0 de 5

O Estado de Urgência – Dimo Fernandes

R$ 39,70 R$ 27,79
"Como encurtar a literatura feita por nossa distância? Como apontar de quem é a voz que agora surge se, no próprio ato de leitura, somos também coautores de tudo o que no texto se oculta? Não tenha por si que o poeta responda essas questões que se iniciam, senão que se insira por um vão apalavrado para enganar quem convencido lhe resume. Aqui, o poeta Dimo Fernandes parece estar sempre a nos lembrar que por trás do decadente show...
0 de 5

André – Haroldo Freitag

R$ 84,70 R$ 59,29
Até onde vai um jovem, em sua busca por identidade? E até onde vai uma nação?  O romance de estreia de Haroldo Freitag aborda o entrecruzar-se de dois desenvolvimentos “gêmeos”, por assim dizer: o amadurecimento pessoal do protagonista e a expansão material de uma economia de mercado.  O personagem que dá nome ao livro é um jovem universitário que vive numa região próspera do Brasil. Quando seu pai é contratado para...
0 de 5

Godofreda: e suas nove amigas – Aline Pucci

R$ 49,70 R$ 34,79
Dez estrelas-do-mar se unem uma a uma para brincar, em uma história que favorece, a cada ação que executam o aprendizado da contagem oral em sequência ascendente de 1 a 10. As características físicas das estrelas oportunizam o diálogo sobre o respeito frente às diferenças e suas ações podem ser imitadas, ampliando as possibilidades de movimentos em diferentes espaços. Além...
0 de 5

Prisão Dourada – Ana Lavrador

R$ 44,70 R$ 31,29
Falta temporária   “CARTOGRAFIA DA ESTRANHEZA, NO ROTEIRO DE LIBERTAÇÃO”, Regina Correia *  Submetidos ao jugo inusitado do confinamento, em tempo plúmbeo de pandemia, por razão de um microscópico ainda-meio-desconhecido vírus, surge-nos, nítida, ao ouvido, a voz inspiradora de Mia Couto (in O outro Pé da Sereia), como alavanca vital do sonho: “A prisão é um lugar onde se dorme muito e o sonho substitui o viver. É a única coisa que...
Carregando...
WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
👋 Oi em que posso ajudar?