Search

De versos sentidos

Código 9786553612372 Categorias , ,

***

Que tal desvendar poemas como se fossem enigmas?  

Em De Versos Sentidos, o poeta Paulo Esdras desvela a poética concreta de uma forma nunca vista antes, manipulando as palavras, a semântica e a sintaxe para compor poemas visuais que permitem várias possiblidades de leitura. Assim como num enigma, o leitor irá descobrindo pouco a pouco novas portas e esconderijos nos versos, sílabas e até nas letras! 

Alguns poemas diferem da poesia concreta tradicional ─ caracterizada pelo laconismo ─   para um texto mais rico de palavras, porém mantendo a polissemia e imagética, num estilo singular em que amplia a semântica, violando as estruturas silábicas e sonoras das palavras e as intercalando geometricamente até compor um signo poético que agrada ao nosso paladar intelectual. 

Um ótimo livro também para os jovens, que se sentem desafiados na decodificação dos enigmas poéticos e acabam entrando gradativamente no mundo da poesia. 

A obra De Versos Sentidos reaviva e abrilhanta a poesia de essência concreta brasileira com novos talhes e se insere como nova preciosidade no cabedal da poética de nosso país. 

 

***

Novidade na poesia visual brasileira 

 

O nome “De Versos Sentidos” faz jus à arte literária do poeta Paulo Esdras que, com maestria, manipula as palavras, a semântica e a sintaxe para compor poemas que permitem várias possiblidades de leitura.  

O livro é uma bela antologia poética em que o autor apresenta diversos poemas de semblante concreto muito bem arquitetados. Assim, num estilo singular, o poeta amplia a semântica, viola as estruturas silábicas e sonoras das palavras e as intercala  geometricamente até compor um signo poético que agrada ao nosso paladar intelectual. 

Segundo o professor de Literatura Brasileira, Vald Ribeiro: 

“O poema Lar é um belo exemplo dessa arquitetura: palavras, ritmo e geometria se unem para compor a figura de uma casa simétrica em que perfil, portas, janelas e alicerce se destacam no desenho, tudo arquitetado com palavras e espaços vazios. O poema vai além da plasticidade porque pode ser lido e sentido de duas formas. A leitura pode começar pela cumeeira e seguir na horizontal encaminhando-se pelos versos casa afora, para compor o   primeiro discurso poético.  Também pode ser lido apenas pela fachada, a começar pelo topo, formando assim um novo discurso”. 

E assim se faz em seus outros poemas, brincando com as palavras, versos, tijolos semânticos na construção de um novo jeito de ler poesia em diversos sentidos. 

***

De versos sentidos

Paulo Esdras

16X23 cm

72 páginas

ISBN 978-65-5361-237-2

R$ 49,70 R$ 24,85

Consulte o frete e o prazo de entrega:

Paulo Esdras é professor, poeta e escritor. Membro da Academia de Letras e Artes de Brumado, fez parte de muitas antologias, sendo destaque no Prêmio Mapa da Palavra, Prêmio Nacional de poesia “Carlos Drummond de Andrade”, Prêmio de crônica “Rubem Braga” (SESC). Publicou em 2020 seu romance “Sadres” (Editora Kalango), foi contemplado em 2021 na seleção nacional da Revista Traços com o fotopoema “Espinhos da Caatinga”. Atualmente Paulo Esdras leciona Literatura Brasileira em Brumado-BA, onde mora com esposa e filha.