Search

Encantos em contos de Quitandinha

Código 9786553613195 Categorias ,

Raízes da Narração: Uma Jornada em Quitandinha

Descubra “Encantos em Contos de Quitandinha”, uma compilação enriquecedora de causos que emergem das profundezas culturais de Quitandinha, Paraná. Este livro não é apenas uma coleção de histórias, mas uma ponte para a vasta experiência de vida compartilhada por seus habitantes, narrada com carinho por Luís Antonio de Almeida. A origem destes contos remonta às noites passadas na casa de seu avô, onde o jovem Luís se deleitava com histórias que moldariam seu futuro.

Preservando a Tradição Oral através da Educação

Inspirado por sua paixão por causos populares, Luís Antonio embarcou em sua primeira pós-graduação na UnC – Mafra, sob a tutela da professora Dulce de Oliveira Valério, uma fervorosa apreciadora da literatura popular. Este ambiente acadêmico enriqueceu ainda mais sua apreciação pelos tesouros da cultura oral, guiando-o na missão de preservar essas narrativas para as futuras gerações.

Um Compêndio de Causos Encantadores

Ao percorrer as localidades de Quitandinha, Luís Antonio coletou cinquenta e três causos autênticos, transformando-os em contos que capturam a essência da região. Desde encontros com lobisomens até histórias de casas mal-assombradas e boitatás, este livro oferece uma visão íntima do folclore local, celebrando as tradições e crenças que permeiam a vida cotidiana dos moradores.

Mais do que Palavras: A Arte Visual de “Encantos em Contos de Quitandinha”

O livro não só narra histórias fascinantes, mas também as ilustra magnificamente. Graças aos talentos de Ronaldo Silveira Andrade e Gustavo Domingos Machado, cada conto é acompanhado por desenhos em grafite que enriquecem a narrativa e capturam a imaginação do leitor, adicionando uma dimensão visual ao encanto dos causos.

Convidando para a Leitura: Deixe de Lado a Tecnologia

“Encantos em Contos de Quitandinha” não é apenas um convite para ler, mas também uma chamada para desacelerar e apreciar as histórias que formam nosso legado cultural. Este livro propõe uma pausa na constante distração tecnológica, oferecendo em troca uma viagem através do tempo e da história que promete reviver o prazer das reuniões familiares e amizades de outrora.

Pré-venda
Disponível a partir da primeira quinzena de junho

Encantos em contos de Quitandinha, de Luís Antonio de Almeida

Páginas: 160

Formato: 16×23

ISBN: 978-65-5361-319-5

R$ 54,70 R$ 38,29

Consulte o frete e o prazo de entrega:

Luís Antonio de Almeida (compilador)

Nascido na cidade de Rio Negro (PR), em fevereiro de 1979, viveu no município de Campo do Tenente até os 28 anos. Estudou na Escola Rural Municipal de Espírito Santo, atual Escola Municipal Oracélis Cordova Ribeiro, localizada no pequeno distrito de Espírito Santo, no município anteriormente mencionado. Cursou o antigo ginásio (5ª a 8ª série) no Colégio Estadual Victor Bussmann. Após concluir essa etapa de estudos, iniciou o segundo grau com magistério no município de Quitandinha, não por vontade própria, pois ser professor não estava em seus objetivos de vida, mas por não haver continuação de estudo no colégio onde terminou o primeiro grau, viu-se obrigado a iniciar o caminho do magistério no Colégio Estadual Eleutério Fernandes de Andrade. O curso, no entanto, foi encerrado dois anos depois pela falta de profissionais habilitados. Após outra mudança, foi para o Colégio Estadual Barão de Antonina em Rio Negro, que mantinha o curso de magistério. Contudo, devido à escassez de transporte, optou pelo Colégio Estadual Joaquim de Oliveira Franco, no município de Mandirituba, onde concluiu o curso de professor primário em 1997. Tentou ingressar na carreira militar, mas não passou de um sonho. Prestou concurso público em 1998 nos municípios de Quitandinha e Campo do Tenente, alcançando êxito em ambos. Em Quitandinha, mais bem classificado, começou a trabalhar já no ano seguinte ao concurso e, em Campo do Tenente, dois anos mais tarde e por coincidência na mesma escola que cursou o primário. Em 2002, iniciou o tão sonhado curso superior de Sistemas de Informação na UnC-Mafra (Universidade do Contestado), no estado de Santa Catarina, pois seu sonho ainda não era ser professor. Não se adaptando ao curso, transferiu-se para o curso de Letras na mesma instituição e concluiu esse projeto de vida em 2006, partindo em seguida para um curso de pós-graduação na mesma instituição. Nesse mesmo ano, conheceu Elaine de Lima Wenski, brincando com ela que o amor deles nasceu de um simples copo de água que ele foi servir-lhe, tornando-a sua namorada e, no ano seguinte, sua esposa e companheira inseparável, ambos decidindo fazer do município de Quitandinha sua próxima morada. Concluiu o curso de pós-graduação, porém antes do término desse outro projeto, perdeu seu avô, Antônio de Almeida, que foi o inspirador da ideia da monografia que originou esta coletânea de contos. Prestou concurso no município onde vive e conseguiu dobrar seu padrão, trabalhando pela manhã na Escola Municipal Padre Antônio e à tarde na Escola Rural Municipal São João. Em 2008, já tinha a tão sonhada casa própria e mais um sonho estava por vir: um filho, ou melhor, uma filha, Antonela, que receberia todo o amor e carinho dos pais. Em 2012, duas grandes alegrias: assumir o concurso do estado do Paraná como professor de língua inglesa e a chegada da segunda filha, Pietra. Porém, no dia 15 de dezembro desse ano, sofreu o maior golpe de sua vida com o falecimento de sua mãe, uma dor indescritível. Uma ferida que não cicatriza, a dor ameniza com o tempo, mas nunca cessa. Em 2016, mais precisamente no dia 21 de setembro, nasceu a terceira filha, Marialice, uma criança que veio para encher a casa de alegria. Agradece muito a Deus por esse presente em sua vida. Não pode esquecer de citar mais três pós-graduações que concluiu. E a vida segue… agradece a Deus por todas as oportunidades diárias que Ele oferece para crescerem em busca de um futuro melhor!

Gustavo Domingos Machado (capista)

Nascido em 31 de maio de 2006, no Hospital Cristo Rei, na cidade de Quitandinha, Paraná. Filho de Aguilar Domingos Machado e Luciana Galvão Matozo, tem três irmãos: Wesley Aguilar Machado, 22 anos; Luana Domingos Machado, 18 anos; e Analu Eloise Aguilar Machado, 5 anos. Sempre morou no município de Quitandinha, Paraná, e estudou na Escola Municipal Bom Jesus e no Colégio Estadual Paulo Freire, ambos na comunidade do Turvo. Aos 14 anos, iniciou seus estudos no Colégio Estadual Eleutério Fernandes de Andrade. Descobriu seu gosto pela arte de desenhar aproximadamente aos dez anos de idade. Sua pretensão é focar futuramente em suas produções artísticas e, quem sabe, cursar uma faculdade de artes plásticas.

Ronaldo Silveira Andrade (ilustrador)

Nasceu em 25 de abril de 1982, no município de Quitandinha, Paraná. Pintor de telas, grafite, desenhista, ilustrador, artista plástico e tatuador. Passou toda a infância na localidade do Pangaré, distrito do município onde nasceu. Estudou na Escola Municipal Deputado João Leopoldo Jacomel, onde aos 9 anos de idade descobriu o amor pela arte. Durante as aulas, não conseguia entender as explicações da professora e começava a desenhar em seu caderno. Seus desenhos eram admirados pelos colegas e por todos os professores da escola pela perfeição e criatividade. Sem ter feito nenhum curso de pintura, pintou seu primeiro quadro usando a porta de um guarda-roupas de sua mãe enquanto ela trabalhava. Aos 17 anos começou a trabalhar na serigrafia da prefeitura de Quitandinha. Sua primeira oportunidade de fazer um curso de pintura foi aos 22 anos de idade, quando também se aperfeiçoou em tatuagem.