Cart

Best Seller

Ferrovia Essencial

0 out of 5 based on 0 customer ratings
0 classificações Adicione sua classificação
Disponibilidade: Em estoque

R$ 44,90 R$ 39,90

FERROVIA ESSENCIAL: COMUNGO COM O AUTOR

 

gimam@ig.com.br

Fui presenteado pelo Pesquisador e Historiador Antonio Pastori com o livro de título: “Ferrovia Essencial,” de autoria do ferroviarista José Manoel Ferreira Gonçalves, que transporta pelos trechos literários como ninguém, principalmente num tema dos mais palpitantes, o ferroviário o sistema viário brasileiro.

José Manoel é meu confrade em Direito, ligado ao trem, principalmente pelo ponto de vista dominante nesta fase em que o Brasil necessita equilibrar o meio ambiente e o econômico, tão desgastados face ao contexto político-econômico-social do Brasil.

O livro em questão é rico em uma infraestrutura editorialista e organizacional de ressaltar-se, pois oferece uma didática redacional facilita os mais leigos, que tomam conhecimento do modo ferroviário, desprezado numa sequência pelos últimos governos, desde a década de 90.

Conjugando os conhecimentos técnicos de engenharia, o autor desfila por uma linguagem escorreita, passeando pelo Direito e liga-se ao mundo ecológico e econômico para construir e constituir uma Ong FerroFrente, entendendo que, por esta composição, atingiu as estações ao longo dos trechos literários de ações em vários módulos, a fim de que as autoridades governamentais despertem desse sono de gestão, relativamente ao transporte por sobre trilhos.

Sem o lastro técnico-cultural de José Manoel, há anos e anos, bate na tecla na santa inocência e grande sentimento de esperança de que um dia, esses governantes sintam o “Estalo do Padre Vieira” e percebam que “o Brasil precisa de ferrovia essencial, como

o sangue de oxigênio, e a tarefa que pesa por sobre os ombros destes atores é construir ferrovia no Brasil,” pra já, digo eu, numa coexistência operacional possível, de cargas e de passageiros, pois, somente assim, teremos a tão sonhada mobilidade urbana.

A edição da obra Ferrovia Essencial tem de tudo sobre tudo e proporciona um aprendizado ímpar sobre a primeira estrada de ferro e primeiro trem que circulou aqui no Brasil, tracionado por uma locomotiva a vapor, a famosa e saudosa Maria Fumaça. O protagonista do grande feito da construção foi do empreendedor Irineu Evangelista de Souza, em 30 de abril de 1854, portanto, há 165 anos. Que maravilha de vê!

“No tempo e no espaço” (meu jargão), as autoridades não se tocam que romântica e economicamente, a rodovia não tem o apelo da ferrovia, inda que abandonadas e com muitos trechos de linhas revitalizáveis, desde que o atual governo se dê conta de que é pelos trilhos que o País se recuperará.

José Manoel dá um olé e fez um gol de placa ao narrar, de forma patriótica, em 191 páginas, algo que merece ser discutido pela equipe do ministro Tarcísio de Freitas, que,

no complexo Ministério de Infraestrutura, tenta a todo fôlego, encontrar uma forma de fazer o trem andar (circular), pelos quadrantes deste País-continente, mas todos têm que varrer pra dentro da ferrovia.

Embora tenha trabalhado por 40 anos na RFFSA, para continuar escrevendo sobre transporte ferroviário, tenho que seguir a bússola de José Manoel, expertise notável, pois ele não desfila tão somente no “trole”(nomenclatura ferroviária) que percorre os trechos de via permanente em serviço de inspeção, a fim de que se evitem descarrilamentos, tombamentos, etc.

O autor, brilhantemente, discorreu de maneira transparente e não deixa dúvida de que tem-se que bater na moleira dos homens do governo, como o cavaleiro bate na orelha do cavalo até que ele pegue a marcha (passo nobre) para se cavalgar. Elegantemente!

Cabe às autoridades, tal qual a Maria Fumaça, serpentear as fumaças das fornalhas e das caldeiras da locomotiva Brasil, que precisa tracionar todos os trens de progresso e de desenvolvimento, com a Reforma Geral, não se fixando tão somente, na Previdência, necessária sim, mas não tão solo, como vem acontecendo, efetivamente.

Ferrovia Essencial é preciso, no tempo e no espaço deste País…

 

Genésio Pereira dos Santos/Advogado/Jornalista/Escritor.

Inverno 2019

ISBN: 978-65-80103-12-6

192 pág.

Quantidade :

José Monoel Ferreira Gonçalves

José Manoel tem formação ampla e sólida, é Engenheiro Civil, Jornalista, Advogado, especialista em seis áreas diferentes, todas ligadas ao meio ambiente, Mestre e Doutor, para resumir, em Engenharia Ambiental. Seu Doutorado é específicamente ligado á questão dos trens, principalmente pelo ponto de vista ecológico e econômico.

Mantenedor da ONG SOS-Planeta há vários anos, em 2013 fundou e passou a manter também a ONG FerroFrente que, sob sua presidência, tem tido ações em várias frentes, desde palestras universitárias, divulgação do tema na Internet, criação e publicação de vídeos de conscientização, reuniões com a área governamental.

Peso360 g
Dimensões16 × 1.0 × 23 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Ferrovia Essencial”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...