Search

Provocações 26 – Henrique Duarte Neto

Código 9786580103492 Categorias , ,

SENDAS

As Provocações de Henrique Duarte Neto bem que poderiam se chamar Convocações, porque é justamente o que esses pequenos “exercícios de prosa poética” buscam: convocar o leitor para um universo riquíssimo de paixões pensadas e ideias apaixonadas. A atenção aguda e a liberdade que distinguem os trabalhos desse poeta e ensaísta catarinense, sempre com os olhos bem abertos para o clássico e o contemporâneo, bem como para os trânsitos que grandes obras de arte fazem entre tempos e espaços, comparecem aqui para abraçar, de modo radical (pela raiz!), o amplo arco dos interesses artísticos e existenciais de Henrique, de sua relação com a Poesia (e com a poesia!) aos múltiplos encontros com o Belo (e com o belo!), do mergulho na própria memória ao enfrentamento do tempo presente. Generoso, cada um dos cadernos em que este conjunto de 26 textos se divide guarda, a seu modo, o embrião para muitas outras reflexões. Provoca-as: convoca-nos. Cada texto aqui, completo em sua própria potência, é também um novelo a ser desenrolado: pelos leitores, inicialmente, e pelo ensaísta, quero crer que assim seja – e que seja em breve!

Tarso de Melo

Primavera 2019

ISBN: 978-65-80103-49-2

72 pág.

R$ 39,70 R$ 19,85

Consulte o frete e o prazo de entrega:

Henrique Duarte Neto

Henrique Duarte Neto nasceu em Taió, Santa Catarina, em 1° de novembro de 1972. É funcionário público em sua terra natal. Formado em Letras e Filosofia, fez mestrado e doutorado em Literatura na UFSC, e recentemente concluiu pós-doutorado em Letras – área de concentração: Estudos Literários, na UFPR. É pai de Helena e Francisco, filhos de sua união com Denise. Publicou vários artigos sobre poesia, principalmente a contemporânea. Este é seu oitavo livro, o terceiro de poesia, sendo os outros cinco de crítica literária. Publicou, a título de referência: As múltiplas faces do tempo na poesia de Ricardo Lima (Florianópolis, Insular, 2016); Claudio Willer: o universo onírico e surrealista em terras brasileiras (São Paulo, Córrego, 2018); Três poetas do século XX: consonâncias e dissonâncias entre o sensível e o imaginário (São Paulo, Córrego, 2018), sobre os poetas José Paulo Paes, Ferreira Gullar e Roberto Piva,  respectivamente; Musas seguidas de poemas filosóficos (Florianópolis, Insular, 2019). É um amante da música, da poesia e do cinema, nesta ordem de preferência.