Cart

Bolsonaro: inseguro, traidor e agressivo – 23 de outubro de 2020

por Pedro Carrano

 

A análise do governo Bolsonaro não pode excluir suas características psicológicas e, sobretudo, evidentemente patológicas.

O vídeo da visita que Jair Bolsonaro fez ao ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, acamado em casa, como exigência do ex-capitão para que o militar permanecesse à frente da pasta, é um dos exemplos da forma como se comporta o presidente.

Está comprovado que Bolsonaro é inseguro, parece confiar e proteger apenas sua família, e não tem receio algum de atirar ao mar antigos aliados, inclusive antes mesmo de romper, quando ainda estão no mesmo barco.

Foi assim com Moro, com o ex-ministro Mandetta, agora Pazuello mostrou-se submisso. “É simples assim; um manda e o outro obedece”, diz no vídeo feito em sua casa – até porque fica evidente que Bolsonaro não aceita ser contrariado nas suas decisões estapafúrdias.

A lista de aliados atirados à fogueira é grande. Doria e Hasselmann estão entre eles.

 

Pedro Carrano é o responsável pelo Boletim de Notícias da Kotter. Pedro nasceu em São Paulo (SP), em 1980. Jornalista, militante político e pai da Clara. Tem livros de reportagem e poesia. “Meninos sem Matilha” é seu segundo volume de contos.

Imagem, Fonte: Sputik Brasil

Revisão: Daniel Osiecki

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carregando...
WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
👋 Oi em que posso ajudar?